30 abril 2006

Querem mais telefreak, ou preferem morangos com açúcar?

PEÇAM MUITO!!!!!!!

Tele freak 2º episódio

Foi aí que os telefones deixaram de tocar, as televisões ficaram em silêncio e aos computadores não havia reset que lhes valesse, por outras palavras, as comunicações pararam devido a um empastelamento generalizado das transmissões. A regra das telecomunicações passou a ser, quanto mais antigas melhores. No limite desta lógica estavam os correios. Enviar uma carta continuava a ser a única forma 100% viável de comunicar. Esta queda das telecomunicações deixou o Mundo unplugged. A praga afectou o campo electromagnético da terra. Podíamos ligar um interruptor e ter luz, mas não conseguíamos transmitir dados, por muito simples que fossem, através do éter.
A economia entrou em recessão. Foram nomeadas comissões de inquérito para estudar o problema. Alguns autores anunciaram o fim de uma era. Depois destas primeiras reacções, mais ou menos esperadas e previsíveis, começou então a revelar-se uma verdade, que ultrapassava as mais esfusiantes perspectivas da ficção científica. Na realidade não foi uma causa nem uma solução para o problema aquilo que se veio a descobrir. Nem tão pouco um novo problema. Descobriu-se uma ruptura, que anunciava o fim da História. Não porque a História tivesse atingido o seu fim, como vinham anunciando muitos pensadores desde Santo Agostinho, passando por Marx e mais recentemente Fukuyama, mas porque ela tinha deixado de fazer sentido. O que era preciso agora era uma NOVA HISTÓRIA, reescrita à luz das novas dimensões e dos novos protagonistas, que tinham estado ocultos, como um “missing link” que, uma vez descoberto, altera toda a realidade.

Magnifico



Curtam este por-do-sol k tirei =) Hoje fui a praia, e ao mergulhar nas ondas, senti de novo aquela liberdade de espirito, a paz que preciso para viver bem! Acho que quando estamos bem, tudo flui naturalmente ;) Vamos fazer o teatro transparecer a alegria k estamos a viver ao faze-lo =) Vamos todos pensar positivo e ter garra! Vamos malta, vams..porque? Porque esta ca a malta todaaa =P **@**

28 abril 2006

Texto na cabeça




A vós mortais que ainda não decorasteís o texto, que tendes a indelicadeza de invadir os nossos bosques em fugas amorosas e ensaios de festas patéticas, que desperdiçais tempo em banquetes ao ar livre
deixo o aviso: Cuidado ao passar esta ténue linha que nos separa(bosques/Azoia) senão levarão com o poder irascivél do meu Moço de recados(Puck)ou mesmo com um dos assobios ensurdecedores de minha esposa(Titânia).
Só uma coisa vos poderá defender de tais castigos terriveis: Ter o texto na ponta da língua, decorado, fluído.
Caso contrário este e outros castigos vos esperarão nos bosques encantados da Aguncheira!!

Custa menos do que parece.

Ass. Oberon, Rei dos Elfos

Tele freak, a saga "se pedirem muito eu conto o resto da história"


O silêncio dos inocentes.

Tele freak

Primeiro foram apenas mais uns desaparecimentos misteriosos. Depois a coisa começou a espalhar-se como uma praga. Todos os dias chegavam mais notícias de pessoas que se volatilizavam no ar. Começou então a esboçar-se um padrão, que ligava os desaparecimentos ao uso do telemóvel. Aquilo podia acontecer a qualquer momento, em qualquer lugar. Bastava atender um telefone móvel. Por essa altura espalhou-se o pânico e começaram a correr rumores, que ligavam estes acontecimentos inquietantes aos suspeitos do costume: o terrorismo internacional, os extraterrestres, os serviços secretos das grandes potências, enfim a teoria da conspiração revisitada. Os noticiários abriam com os últimos desaparecimentos do dia “o deputado do parlamento europeu, que desapareceu perante a comissão de inquérito que o interrogava sobre corrupção”, “o recluso de uma prisão de alta segurança, que se “evadiu” perante a estupefacção dos guardas”, etc. Todas as notícias referiam um denominador comum, as pessoas evaporavam-se enquanto usavam o telemóvel. O medo espreitava por detrás de um trivial toque de telefone. Atender um irritante toque polifónico podia ser o último acto de uma vida. Ou o princípio de outra coisa qualquer. O seu telefone está a tocar, vai atender?
to be continued

27 abril 2006

Tá cá a malta toda???

Parece que não!!!

Então???

Nobres e plebeus, artesãos e artesãs, fadas e duendes toca a decorar o texto e a pôr posts aqui.
A nossa Rainha Titânia criou este blog para todos.
Vamos lá a pôr esses dedinhos no teclado.

Beijokas até ao próximo ensaio.
Aqui vão umas fadinhas e duendes animados (vamos lá ver se isto mexe...)

ensaiossssss

próximo ensaio dia 30 de Abril pelas 14.30h no Espaço das Aguncheiras com, Artesãos todos, Puck, Oberon e Titânea
Dia 1 de Maio, ensaio em Lisboa- casa da encenadora com todos os Jovens Casais.

Com muita energia e texto na ponta da língua.
oh, pelo menos mais do q a energia com q eu própria estive no último ensaio.. ufa!

25 abril 2006

25 de Abril









Pinted by Mill
25 Abril 2004

















Mural do 25 Abril

24 abril 2006

dia23Abril






aos presentes não fotografados as minhas desculpas, mas o material tem sempre razão e um cartão de memória não é infinito :)

23 abril 2006

Workshop de Asas






Foi muito bom trabalhar com estas fadinhas.
Ainda bem que vamos fazer mais sessões.

17 abril 2006

grande ensaio »»»» mega feijoada

é já dia 23 de Abril
grande ensaio com mega feijoada e muito muito mais ;)
a concentração inicia-se cedinho para que pelas 11h já estejamos todos a ensaiar.
oh!!! é desta que vamos ensaiar todas as cenas, ceninhas, cenaças, no espaço cénico... cedo!
lol

12 abril 2006

Espaço das Aguncheiras

Ensaio Abril





Ensaio 2 Abril



Ensaio 2 Abril

11 abril 2006

ups!



pequena ilustração do artigo abaixo....
ups!!!!!!!! enganei-me, era 23......

23 de Abril sempre!

O Polvo é quem mais ordena
Sonhos a Granel
Dia 23 de Abril de 2006
Excelsa gente:
O dia 23 de Abril é uma data fundadora da matriz fundacional do teatro narcocriativo em Portugal.
Para assinalar esta data de disparates inaugura-se um ciclo festivo de homenagem às máfias que abundam no nosso conciso mundo. Assegurámos até agora a presença – AO VIVO – de toda uma gama de exemplares das mais vis e degradantes sub-espécies humanas, a saber: violadores de direitos humanos, traficantes de órgãos e de influências, construtores civis, hackers, políticos (com e sem saco azul), curadores de colecções privadas, ecologistas melancia (verdes por fora e vermelhos por dentro), árbitros (com e sem apitos dourados), freiras virgens, presidentes de fundações, banqueiros, bancários e muitos outros salafrários.

A juntar-se a este grupo teremos a presença habitual do grupo teatral, elitista e liberal: “Os Cabotinos do Costume” acompanhados pelo coro de Santo Amaro de Oeiras e pelo mágico Filipe de Cooperfield, que vai fazer desaparecer um porta-aviões da marinha de guerra portuguesa.

Venha fazer parte desta arca de Noé do teatro desorganizado e habilite-se ao prémio “Canastrão Surrealista do Dia”… um convite que não pode recusar…

Apresentação a cargo de Bárbara Guimarães, que nos vai falar dos 2 únicos livros da sua vida: “O Colégio das Quatro Torres” e o definitivo “10 Anos da Caras”.

Mais uma grande produção alimentar “sósexo” com o patrocínio das torres gémeas implosões.


Nem mais uma fada para a Lapónia!

10 abril 2006

Fotografias de sonho 2

1 - A quinta estava liiiinda!!!
2 - Recebendo orientações...
3 - Tão escuro 1
4 - Tão escuro 2
5 - Fadas... e Anafadas
6 - Assim se enlaça a hera com o ulmeiro, tão amorosamente

Fotografias de sonho 3

7 - Ah ah... encontrei-os
8 - Nobres chegando
9 - “Meus senhores e minhas senhoras...”
10 - Vai começar a função...

11 - Mas que belas artesãs


12 - A repórter recebendo a visita do nosso querido Brad Pitt

Workshop de culinária "As fadas unidas jamais serão comidas"






Estão todos convidados para serem cobaias numa experiência, perdão, comensais numa feijoada oferecida pelo Dr. Puck no próximo dia 23 de Abril.

Casting



Imagens da afluência ao casting para fadas.

09 abril 2006

workshop de Asas-de-Fadas

05 abril 2006

Coisinhas que encontrei na net

"A Midsummer Night's Dream" -Bottom and the Fairies by Anthony GROSS

Puck, Buttoon/Canelas e Demétrius